Bibliografia

 

 

 

 

KIELHOFNER, G. (1995), Internal Organization of the Human System for Occupation, Kielhofner, G (Ed.) A Model of Human Occupational: theory and Application, 2 nd edition, Williams & Wilkins, Baltimore. 

BLACKHURST, A. E. (1997) - Perspectives on Technology in Special Education, in Teaching Exceptional Children, May-June pp 41- 48.

BRODIN, J., TETZCHNER, S. (1996) - Augmentative and Alternative telecommunications for people with intellectual Impairment - a preview, in S.

Tetzchner, M. H. Jensen Eds. Augmentative and Alternative Communication, European Perspectives, pp195-212.

WHO (2001), CIF: International Classification of Functioning and Disability. Geneva.

TECNOLOGIAS DE APOIO EM LINHA - Alexandra Queirós ( Escola Superior de Saúde da Universidade de Aveiro / IEETA) e Nelson Pacheco da Rocha (Secção Autónoma de Ciências de Saúde da Universidade de Aveiro / IEET)

Andrich, Renzo, 1999. Aconselhamento de Ajudas Técnicas - Organização e Metodologia de Trabalho dos Centros de informação sobre Ajudas Técnicas, Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiências.

Cook, Albert M. et al, 2002. Assistive Technologies, Principles and Practice, 2ª Edição, Mosby.

DE3402, Projecto Eustat, Deliverable D06.3, 1999. Educação em Tecnologias de Apoio para Utilizadores Finais - Linhas de Orientação para Formadores, Comissão Europeia DG XIII, Programa de Aplicações Telemáticas - Sector Deficientes e Idosos.

SNRIPD, Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração das Pessoas com Deficiências, Ajudas Técnicas, http://www.snripd.mts.gov.pt, 2003.

SNRIPD, Secretariado Nacional para a Reabilitação e Integração de Pessoas com Deficiências,1990. ISO - Projecto de Norma Internacional ISO/DIS 9999 - Ajudas Técnicas para Pessoas com Deficiência - Classificação ISO.

TC173/SC2: Technical Committe/Subcommitte (ICS 11.180), 2002. Technical Aids for Persons with Disabilities:Classification and Terminology.

Acessibilidade E Desenho Universal - Secundino Correia E Patrícia Correia - Ese De Paula Frassinetti - Cnotinfor http://actividades.imagina.pt/uploads/cnoti/PDF/desenho_universal.pdf

 Heerkens YF, Bougie T, de Kleijn-de Vrankrijker MW. 2012.Classificação e terminologia de produtos de assistência. Em: JH Stone, M Blouin, editores. Enciclopédia Internacional de Reabilitação. Disponível on-line: http://cirrie.buffalo.edu/encyclopedia/en/article/265/

 COOK, A., M. & HUSSEY, SM (2001). Tecnologias Assistivas: Princípios e Prática. ISBN: 0323006434. Mosby Inc - um livro academicamente orientada sobretudo, dirigidas a estudantes universitários de graduação e pós-graduação. Tem como objectivo "criar um quadro de tecnologia assistiva que é tanto um escopo amplo e específico no conteúdo."

 

Hutinger, PL, e outros.Estado de Prática: Como tecnologias assistivas são usados ​​em programas educacionais de crianças com deficiências múltiplas - um Relatório Final do Projeto:. Uso efetivo da tecnologia para cumprir as metas educacionais de crianças com deficiência. Washington, DC: Departamento de Educação Especial e Serviços de Reabilitação (1994).

Bain & Leger (1997), tecnologia assistiva: uma abordagem interdisciplinar, escrito para "provedores de reabilitação de serviços que não são necessariamente a especialistas" e, como tal, tem mais de um viés de aplicações práticas.

Church & Glennen - O manual da tecnologia assistiva, centra-se na "aplicação prática" de tecnologia assistiva e se destina a ser usado como um livro de mão e guia de recursos para os profissionais em seu trabalho diário (.1992),

Fundamentos da tecnologia assistiva, RESNA (1999), é um manual de recurso projetado para ser usado em conjunto com os fundamentos RESNA em Curso de Tecnologia Assistiva.Ele contém doze módulos escritos por especialistas na área, juntamente com outros materiais de curso útil.

Azevedo L, H Féria, Nunes da Ponte M, Wann JE, Zato Recellado J (1994).Currículos europeus de formação em Tecnologia de Reabilitação. Relatório E.3.2, European Heart Comissão Linha E Reabilitação projecto de Formação Tecnológica.

Turner-Smith, A., Abrahamsson, B., e Wann, JE. (1995) Qualificações em Engenharia de Reabilitação - processos de ensino no Reino Unido e Suécia. Em: Porrero IP e R. P de la Bellacasa, eds. O Contexto Europeu de Tecnologia Assistiva, 136-139). Amsterdam: IOS imprens

http://www.eaccessibility.org/

http://www.ataccess.org/

http://atnetworkblog.blogspot.com/2010/04/so-what-is-atacp.html

http://www.cited.org/index.aspx

http://www.dinf.ne.jp/doc/english/index_e.html

 

Organização Mundial da Saúde, a OMS (1980), Classificação Internacional de Deficiências, Incapacidades e Desvantagens.

Organização Mundial da Saúde, a OMS (1997).ICIDH -2. Classificação Internacional de Deficiências, Atividades e Participação. Um manual de Dimensões de incapacidade e deficiências.

 

Zabala, JS, & Korsten, JE (1999). Implementação de Tecnologia Assistiva e Resumo do Plano de Avaliação. Fazendo a diferença mensurável com Tecnologia Assistiva: Avaliação da Eficácia da Tecnologia Assistiva. http://sweb.uky.edu/ ~ jszaba0/ZabalaImpleSummary.pdf

Blackstone, SW, e Cassatt-James, EL (1988). Comunicação aumentativa. Em NJ Lass, McReynolds LV, JL Norte, & Yoder DE (Eds.), Manual de fonoaudiologia e audiologia (pp. 986-1013). Toronto: BC Decker.

Promover a Participação das Pessoas com Deficiência em Atividade Física e do Desporto na IrlandaOutubro de 2005. Frances Hannon - Pesquisador Senior NDA

Rede Europeia de Informação de Tecnologia de apoio

 


Books

 

Artigos e Investigacao

 

Enhancing Internet Access for People with Disabilities

Meridian: Winter 2000: Inclusive

International Conference on Computers for Handicapped Persons 2006

Publications: E-ssential Guides - SchwabLearning.org

24th Annual International Technology & Persons with Disabilities Conference

Interactive Educational Multimedia

GreatSchools - Publicações de apoio - Crianças/Jovens com NE - INTERACTiC 2.0

DBLP: Klaus Miesenberger

L'informatique accessible adapté aux personnes handicapées

Projeto Horizonte - Ahimsa - Associação Educacional para Múltipla Deficiência

Ministere Francais Recherche Technologique

International Journal of Special Education

Engenharia de Reabilitação :: Arquivo de Documentos

Tecnodiscap

Actas na Revista Indagatio Didactica « Superar barreiras com TIC

TEÓFILO GALVÃO FILHO (página atualizada: fevereiro/2011)

Vive la culture numérique !

Tertiary Level

» Blog Archive » Considerations in Developing an Effective Assistive Technology Delivery System

WheelchairNet: Certification in Assistive Technology

Assistive Technology Solutions

Tecnoneet. Foro de Tecnología Educativa y Atención a la Diversidad.

ESAAC - Inicio

Models and Taxonomies Relating to Assistive Technology - ATOMS Project

n i e d núcleo de informática aplicada à educação UNICAMP

NIEE - Núcleo de Informática na Educação Especial

Assistive Technology for Students with Disabilities / Family Village School

R2D2 Center at UW-Milwaukee

Accessible book (Open Library)

The Dart Project

Disabled people and ICT: a project funded by the Alliance for Digital Inclusion

Vol 2, No 1 (2012)

Paralysed woman moves robot with her mind - by Nature Video - YouTube

AsTeRICS: Publications

Who's Online

Temos 66 visitantes e sem membros em linha

Visitantes

058948
Today
Yesterday
This Week
Last Week
This Month
Last Month
All days
90
41
148
58708
445
1378
58948

Your IP: 54.81.8.73
Server Time: 2017-09-26 21:51:02
Tuesday the 26th. Portal colaborativo :: ESE/IPP